Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bom Proveito

Bom Proveito

Bom Proveito

28
Jan19

joana.jpg

 

 

Começa hoje o meu novo Blog. Chama-se BOM PROVEITO. Depois de um ano de tanta reviravolta, em que estive "parada" após ter sofrido um AVC, volto aos Blogs da Sapo.  Ainda experimentei um outro, mas prefiro voltar aos blogs da Sapo, onde tive o Blog Rasante.

A imagem deste primeiro post  é a estátua de Joana d'Arc, em frente ao Hotel Regina, em Paris, onde Manoel de Oliveira realizou o filme que foi o meu baptismo de Cinema, após o que durante um ano, diariamente, escrevi o meu Blog Luz e Lata. O realizador é  em grande parte o responsável por este meu escrever. O Pão, A Caça, O Douro, e a magia de Angélica. O Gebo, a Literatura e hoje fico por aqui.

E claro, no novo Blog, vai continuar a haver muita Lata e principalmente Luz. Luz.

 

Agora começo. Quem viu a morte bem perto, ou desiste ou renasce. Eu decidi. Não por voluntarismo, mas por AMOR, que é maior maior que "eu". Não tenho tempo para balelas nem fazer de conta. O Senhor da vida puxou-me! O Senhor da vida é mesmo Bom. 

Nem adiar, nem fazer assim-assim. A vida não é para menos. Agora é olhos nos olhos. Em frente.

E com uma alegria e uma gratidão que me surpreende. A mesma mas outra.

 

O Rasante começou no meu primeiro Blog, o 100mim, no dia 11 de Dezembro de 2012, dia de anos de Manoel de Oliveira, onde escrevia, ao acordar acerca de tudo, porque tudo me interessa. Como ao cineasta. A ele dedico este escrever, assinando de cruz o que se disse a Bento XVI no CCB.

 

Continuarei Rasante , mas a um pulsar maduro. Novo. Cortante. Sem poupanços nem rodeios. Por isso começo hoje, dia 28 de janeiro, o dia em que a Igreja a que pertenço celebra o meu filósofo de eleição. Gosto mesmo muito de italianos. E, já agora, de comida italiana. E de tudo o que é boa comida e bebida. O vinho? Tinto. Sempre...

Enfim, um blog  Político. Mesmo. Com mãos na massa. Todas e toda. E todos os ingredientes. Receitas originais. Bons Chefs.

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros,
até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

 

BOM PROVEITO!